Sermig

O Arsenal da Esperança completa 20 ANOS!

clique para ampliar

Vinte anos atrás,
em São Paulo, começava a história do Arsenal da Esperança.

Desde então, mais de 51 mil pessoas encontraram uma casa, uma família e um novo estilo
de vida, e milhares de jovens, adultos, estudantes, trabalhadores e aposentados
descobriram a possibilidade de mudar um pedaço desta cidade imensa,
junto com a Fraternidade da Esperança.

No dia 12 de março, em São Paulo, o SERMIG - Fraternidade da Esperança vai dar início a uma série de eventos para comemorar os 20 anos de vida do ARSENAL DA ESPERANÇA Dom Luciano Mendes de Almeida.

2016 será um ano para celebrar a alegria por todo o bem que foi pensado, amado e realizado nesta casa. Iremos começar este ano “jubilar” com uma celebração eucarística de ação de graças, presidida pelo Arcebispo de São Paulo, Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer. Na ocasião estará presente Ernesto Olivero, fundador do SERMIG - Fraternidade da Esperança, e uma delegação dos Arsenais da Itália e da Jordânia. A celebração será às 16h30 no Arsenal da Esperança (Rua Dr. Almeida Lima, 900 - Mooca). Esperamos você e seus amigos para uma grande festa em que gostaríamos de dizer pessoalmente OBRIGADO!

OBRIGADO porque...

clique para ampliarEm 1º de fevereiro de 1996, no coração da cidade de São Paulo, entre os muros históricos e arruinados da antiga Hospedaria do Brás, começava a história do Arsenal da Esperança – “a oitava maravilha do mundo”, como gosta de defini-lo Ernesto Olivero. Uma história aparentemente impossível, mas que “no coração de Deus” já era uma certeza, uma maravilha. A porta que se abriu naquela época, e que nunca mais deixou de permanecer aberta, acabaria acolhendo dezenas de milhares de pessoas e as ajudaria a encontrar ali uma casa, uma família e um novo estilo de vida para enfrentar as dificuldades do mundo.

clique para ampliarA partir daquele dia, a misericórdia que inspira e move a espiritualidade da Fraternidade da Esperança e o compromisso concreto de muitíssimos amigos e voluntários tornaram-se “o motor” desta casa – o que permitiu que ela recebesse mais de 51.000 pessoas em dificuldade, oferecendo-lhes 7.992.281 noites de hospitalidade, 20.618.770 refeições (incluindo cafés da manhã, almoços e jantares), 2.504.500 atendimentos pelo serviço social interno e 195.630 consultas médicas e medicamentos*. Esses números expressam, ainda que parcialmente, a “luz” e a esperança que esta casa ofereceu e continua a oferecer para esta imensa metrópole... “Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de uma vasilha ou debaixo da cama? Não a coloca no candeeiro?” (Mc 4,21).

clique para ampliarA raiz desta aventura tem o nome de Dom Helder Camara, que abriu o coração do SERMIG ao Brasil e ao mundo, mostrando-lhe as grandes injustiças e, sobretudo, as grandes potencialidades dos homens; tem o nome de Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, um homem de Deus, que após ter conhecido o coração de Ernesto Olivero pediu que a comunidade dele se enraizasse também no Brasil; tem o nome de Dom Paulo Evaristo Arns, do governador Mario Covas, de Dona Marta Godinho Teresinha e, ainda, de Dom Claudio Hummes, de Dom Décio Pereira, de Dom Pedro Luiz Stringhini e de todos aqueles que quiseram e incentivaram o início desta caminhada.




clique para ampliarMas a velha Hospedaria começou a transformar-se concretamente em Arsenal da Esperança graças a Gianfranco, Alberto e Pierluigi – os três primeiros missionários do SERMIG vindos do Arsenal da Paz de Turim – e graças aos amigos da paróquia São Rafael, liderados pelo padre Alberto Trombini, com quem, em 1990, já tinha surgido a ASSINDES*. A essa base se juntaram Piergiorgio, Ilda e os muitíssimos voluntários italianos que vieram ao Brasil para compartilhar gratuitamente tempo e capacidades.




clique para ampliarHoje, o Arsenal da Esperança continua a ter o estilo e o “perfume” da Fraternidade da Esperança – famílias, consagrados e sacerdotes – graças a Augusto, Suely, Vasco, Lea, Edelson, Dorothy, Maria Teresa, Gianfranco, Marco, Ivan, padre Lorenzo e padre Simone, amigos que habitam e vivem a responsabilidade desta casa 24 horas por dia, cientes de que, sem a competência dos funcionários, a paixão dos voluntários e a colaboração dos próprios amigos acolhidos nesta casa, seria impossível multiplicar tanto bem. Cada uma dessas pessoas, juntas, tornou possível que uma casa destinada a ser apenas um grande dormitório se tornasse um “vilarejo” aberto às crianças, aos jovens, às escolas e a todos aqueles que procuram um lugar que lhes dê a possibilidade concreta de mudar um pedaço desta grande cidade. A CIDADE CLAMA ABERTAMENTE PELA ABERTURA DE OUTROS VILAREJOS COMO ESTE!

O Arsenal da Esperança é também uma experiência de uma gestão transparente, verdadeira e operosa de recursos públicos – que, por serem recursos de todos, são “sagrados” –, além de ser uma experiência de boa integração entre uma comunidade da sociedade civil – com um carisma, uma espiritualidade, uma filosofia, um método e a doação da própria vida – e as instituições do Poder Público na difícil luta contra a exclusão social, cada um a partir do seu próprio papel e de suas próprias competências. Por isso, no dia 12 de março queremos agradecer também ao Governo do Estado de São Paulo e à Prefeitura da Cidade de São Paulo, que nestes vinte anos nos apoiaram para que pudéssemos manter aberta esta nossa “porta da misericórdia”, uma porta aberta para a cidade e para todos aqueles que contribuíram com o seu sim para fazer nascer “a oitava maravilha do mundo”.

clique para ampliarEstas, e muitas outras, são as motivações e os sentimentos que nos levam a convidar você e seus amigos a se alegrar junto conosco neste ano “jubilar” que coincide com o Jubileu da Misericórdia promovido pelo Papa Francisco. É um convite a não ser indiferente e a dizermos uns aos outros, mais uma vez, OBRIGADO, porque esta história nos diz que É POSSÍVEL e que, JUNTOS, PODEMOS MUDAR ESTE MUNDO!

SERMIG - Fraternidade de Esperança



Acompanhem a programação do Arsenal da Esperança para saber mais sobre os próximos eventos deste ano jubilar: www.sermig.org.br

* Dados atualizados em janeiro de 2016.
* As ASSINDES (Associação Internacional para o Desenvolvimento) são associações que fazem parte da Cooperativa Internacional para o Desenvolvimento (CIS), com as quais o SERMIG gere as atividades de promoção do desenvolvimento no mundo. Em São Paulo, no dia 27 de junho de 1990, na igreja de San Rafael, nasceu a ASSINDES - Nucleo São Paulo (ASSINDES-SP) com o objetivo de ajudar e melhorar as condições de vida dos mais marginalizados da sociedade. A presença e o trabalho desta associação (agora denominada ASSINDES SERMIG) criou a “base” para o nascimento do Arsenal da Esperança.